16 de jul de 2014

Imigração australiana

Imigração australiana divulga lista de profissionais em falta no país: dentistas, gerentes de projetos, médicos, cirurgiões, advogados, chefs, engenheiros, AUDITORES e CONTADORES estão entre eles

A Austrália tem excelentes salários para todos os tipos de trabalho, não importa o setor, e, assim como o Canadá, é um país que importa muitos profissionais por falta de mão de obra local. Tais fatores vem atraindo cada vez mais trabalhadores de outras nacionalidades. Isso vale para aqueles já consolidados no mercado, como também para estudantes, que aproveitam a estadia para conciliar estudo e algum trabalho. [...]
A falta de profissionais qualificados faz com que a Austrália tenha uma demanda altíssima de trabalhadores em determinadas carreiras, e a Skilled Occupation List (SOL), válida de julho deste ano a julho de 2015, é usada pelo governo australiano para selecionar profissionais de diversas áreas que estejam em falta na região.

Ao todo, são 192 carreiras na lista, entre elas, advogado, gerentes de projetos em construção civil, arquitetos, engenheiros (em diversas modalidades, como químico, ambiental, biomédico, telecomunicações e de petróleo), auditores externo e interno, cirurgião (geral e cardíaco),dentistas, osteopatas e médicos em diferentes especialidades. Chefs e pedreiros foram adicionados este ano à lista de ocupações qualificadas em demanda. E, de acordo com o site BrazilAustralia.com, houve conversações sobre a carreira de CONTADOR ser removida da SOL, mas na lista publicada ela continua lá.

Caso uma determinada profissão esteja em demanda na Austrália, o profissional daquela área tem a possibilidade de se candidatar para o visto de residência australiano ou mais chances de conseguir um emprego na função.

Nesta última lista, o governo australiano retirou cinco carreiras. São elas: farmacêutico de hospital, farmacêutico de loja, engenheiro de manutenção de aeronaves (aviões), engenheiro de manutenção de aeronaves (mecânica) e engenheiro de manutenção de aeronaves (estruturas).

Lista completa: Link

Fonte: O Globo

2 comentários:

  1. Claudia,

    ontem preparei uma postagem para o Contabilidade Financeira sobre o assunto, sob outro enfoque. Para ser publicada amanhã (rss)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos em sintonia, professor! Vou aguardar a postagem. Abs

      Excluir

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)