3 de out de 2013

AdCont News

Esse post representa a quebra do meu compromisso de congresso zero em 2013... Paciência! Nem sempre alcançamos nossas metas.

O Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis (AdCont) realiza sua quarta edição entre os dias 02 e 04 de outubro de 2013. Nesta edição, o AdCont, que é uma iniciativa do PPGCC/FACC/UFRJ conta a parceria do PPGA da Unigranrio.
Para esta edição, foram submetidos 279 trabalhos, sendo 12 comunicações científicas e 267 artigos científicos. Após o processo de avaliação Double Blind Review, foram aprovados para apresentação 100 artigos científicos e 05 comunicações científicas.
Em uma das sessões de apresentação um trabalho me chamou a atenção, não exatamente pela temática que aborda, mas pela origem dos seus autores: Feira de Santana – Bahia, Princesa do Sertão, onde estão as areias do meu lugar...
O artigo é “Percepção de Alunos do curso de Ciências Contábeis em relação aos Ativos Biológicos e Produtos Agrícolas”, de autoria de Nailson Melo de Oliveira, Laerson Morais Silva Lopes, Edvanda Sena de São Pedro, José Maria Dias Filho. Conhecia dois dos autores, um dos quais foi o melhor professor que tive na graduação em Ciências Contábeis na Universidade Estadual de Feira de Santana.
Confesso que fiquei feliz em encontrar um estudante de Ciências Contábeis de Feira de Santana em um evento acadêmico aqui no Rio de Janeiro. Parabéns ao Nailson e aos demais autores! Segue o resumo do trabalho.


Desde o inicio das atividades  econômicas  no Brasil, a Agricultura tem sido uma importante ferramenta para a captação de renda. Hoje a realidade não é diferente, segundo o IBGE, a atividade rural (agronegócio no país) representa 22,4% do PIB brasileiro. A importância do ativo biológico cresce junto com o atual cenário mundial, com a introdução das normas internacionais isso se torna cada vez mais evidente.  Nesse cenário, foi investigado o nível de conhecimento de futuros profissionais de contabilidade quanto aos ativos biológicos e os produtos agrícolas, tendo como plano de fundo o Pronunciamento nº 29 do Comitê de Pronunciamentos Contábeis. Para tanto, utilizou-se de questionário aplicado junto a alunos concluintes da graduação de uma instituição localizada na Região Metropolitana de Feira de Santana-BA, formada por diversas cidades com potencial agrícola considerável. Os resultados mostram que esses estudantes não conseguem identificar quais elementos são considerados ativos biológicos ou produtos agrícolas. Além disso, não demonstram saber o momento em que tais elementos devem ser reconhecidos contabilmente nem a forma como eles devem ser mensurados pelo Contabilidade. Outro dado, é que os estudantes afirmam que não têm acesso a materiais que tratem sobre o tema, o que pode, na verdade, ser um sinal da falta de estímulos aos mesmos para que busquem conhecimentos sobre esse conteúdo, tão importante no contexto nacional. Esse pode ser um indício de que os planos pedagógicos das instituições precisam ser revistos, se considerada a relevância desses ativos para a economia nacional e a necessidade de capacitação do profissional contábil para atuar nesse cenário.

Nota (1): O destaque no texto é nosso! 
Nota (2): Congresso acadêmico é lugar de encontros, de ver tendências, de ver o que está na moda, qual a teoria da vez, quais os modelos mais usados... E também lugar de coquetel e bate papo com cafezinho.
 Hoje foi com o Lucas, da UnB... Amanhã tem UFG e UFJF por aqui... Mas quero encontrar um dia desses mesmo é a Isabel Sales, do Contabilidade Financeira!

2 comentários:

  1. A gente nunca se encontra. No da USP eu fui e você estava rebelde! Mas eu admito ser a furona da dupla e fico feliz por você ter vindo parar aqui e mesmo meio a raios e trovões termos nos encontrado. Somos almas irmãs. *.* Já escrevi uma carta enorme para a Esaf falando que é essencial que eles prolonguem por vários anos o seu grupo de pesquisa. ;) Vai que dá certo!!! o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai que dá certo!!!! Super obrigada pelo apoio moral! O encontro em terras brasilienses, em meio aos traços do arquiteto, foi hiper mega super dez! Que venham mais virtuais e reais!

      Excluir

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)