28 de jan de 2010

Novo Presidente do CFC

O Conselho Federal de Contabilidade tem novo presidente

O novo presidente do Conselho Federal de Contabilidade, Juarez Domingues Carneiro, e os conselheiros que farão parte da nova Diretoria da entidade - no período de 07 de janeiro de 2010 a 31 de dezembro de 2011 - foram eleitos, por unanimidade, pelos 27 membros efetivos do Plenário do CFC. A 56ª Reunião do Colégio Eleitoral foi realizada na sede da entidade, em Brasília, na manhã desta quinta-feira, dia 7.

A sessão começou com a posse de dois terços dos conselheiros do CFC, que foram eleitos no pleito realizado nos dias 5 e 6 de novembro de 2009. Os conselheiros tomaram posse lendo, conjuntamente e em voz alta, o seguinte juramento: "Prometo desempenhar a nobre função de conselheio, envidando todos os esforços para, no cumprimento fiel da legislação pertinente, promover o desenvolvimento da classe contábil, dignificando-a e honrando-a".

Em seguida, conforme o processo eleitoral vigente, houve prazo para a inscrição de chapas interessadas em concorrer ao Conselho Diretor do Conselho Federal. Apenas uma chapa se inscreveu e foi submetida à aprovação do Plenário, por meio de votação secreta. Após a contagem dos votos, a chapa encabeçada pelo contador Juarez Domingues Carneiro foi proclamada eleita, por unanimidade, e empossada.

Fonte: Agência de Notícias do CFC

2 comentários:

  1. Comentário enviado por REINALDO DE OLIVEIRA PEREIRA:
    "Como bom brasileiro que "Não Desiste Nunca" Espero que, com esta nova direção, o CRF e os CRCs passem a traçar um plano de valorização da classe e não fiquem apenas com esta sanha arrecadatória.
    Outro ponto é a fiscalização efetiva, por parte dos CRCs, pois o que mais acontece, pelo menos em Belo Horizonte, é escritório de contabilidade e profissional da contabilidade que age quase que se prostituindo e, para que se faça qualquer denúnica além do denunciante ter que fornecer inúmeros dados pessoais que o tornam possível de retaliações, o denunciado nada sofre e continua operando.
    Em minha modesta opinião, o único CRC do Brasil que mostra algum serviço em termos de qualidade, atendimento e gestão é o do Rio Grande do Sul.
    Tomara que o CFC calce as "sandálias da humildade" e percorra este Brasil ouvindo os profissionais e conselhos e que agregue o que for de melhor".

    ResponderExcluir
  2. Oi Reinaldo! Postei eu mesma o seu comentário porque ao tentar autorizar a publicação do comentário, cliquei sem queser em "Recusar" e não consegui reverter o processo. Daí o comentário, mas os créditos são seus.
    Concordo que os órgãos de classe têm um papel importante na valorização da classe, mas os profissionais também têm que ter visão crítica e atuar. Infelizmente muitos profissionais da área contábil têm uma postura muito acomodada em relação à política da classe e buscar seus direitos profissionais.

    ResponderExcluir

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)