18 de dez de 2014

Avaliação Quadrienal

O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,aumento-de-cursos-faz-capes-avaliar-a-cada-4-anos-pos-graduacao,1608185O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,aumento-de-cursos-faz-capes-avaliar-a-cada-4-anos-pos-graduacao,1608185O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,aumento-de-cursos-faz-capes-avaliar-a-cada-4-anos-pos-graduacao,1608185O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,aumento-de-cursos-faz-capes-avaliar-a-cada-4-anos-pos-graduacao,1608185O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,aumento-de-cursos-faz-capes-avaliar-a-cada-4-anos-pos-graduacao,1608185O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,aumento-de-cursos-faz-capes-avaliar-a-cada-4-anos-pos-graduacao,1608185 material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,aumento-de-cursos-faz-capes-avaliar-a-cada-4-anos-pos-graduacao,16081O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,aumento-de-cursos-faz-capes-avaliar-a-cada-4-anos-pos-graduacao,1- A avaliação dos programas de pós-graduação do País passará a ser feita a cada quatro anos - e não trienalm- A avaliação dos programas de pós-graduação do País passará a ser feita a cada quatro anos - e não trienalmente, como- A avaliação dos programas de pós-graduação do País passará a ser feita a cada quatro anos - e não trienalmente, comoAumento de cursos faz Capes avaliar a cada 4 anos pós-graduaAumento de cursos faz Capes avaliar a cada 4 anos pós-graduação 


A avaliação dos programas de pós-graduação do País passará a ser feita a cada quatro anos - e não trienalmente, como ocorre atualmente. A mudança atende, principalmente, a uma demanda logística. Com o aumento recente dos programas de mestrado e doutorado, o governo federal passou a ter mais trabalho para acompanhar os cursos.

A mudança foi decidida pelo Conselho Superior da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), órgão do Ministério da Educação responsável por monitorar a pós. Como há avaliações em curso, o acompanhamento quadrienal começará só em março de 2017.

“O número de programas está ficando muito grande e ficou difícil organizar as avaliações todas de uma vez, com essa frequência”, explica José Fernandes de Lima, da Comissão de Acompanhamento do Plano Nacional de Pós-graduação 2011-2020. A comissão recomendou a ampliação do período avaliativo à Capes, que hoje reconhece quase 5,7 mil cursos de pós no Brasil.

A avaliação dos programas envolve logística complexa, com troca de documentos, coleta de dados e viagens. A mudança era demanda antiga de especialistas e entidades da área.

Pelo novo formato, a cada dois anos haverá seminários de avaliação, que permitem acompanhar os cursos em prazo mais curto. Essas reuniões não geram resultados oficiais imediatos, mas contribuem para a nota quadrienal. O sistema de notas segue o mesmo. Programas de pós graduação avaliados com notas 1 e 2 não podem receber mais alunos. A nota 3 permite a atividade regular do curso. As notas 4 e 5 indicam excelência nacional, e 6 e 7, internacional.


Texto de Luiz Fernando Toledo e Victor Vieira - O Estado de S. Paulo - 17 de Dezembro de 2014 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)