9 de dez de 2008

No início da carreira, vale mais trabalhar em empresa grande ou pequena?

Quando um jovem entra no mercado de trabalho, geralmente carrega dentro de si muitas dúvidas.Uma das mais comuns diz respeito ao porte da empresa. É mais interessante, no início da carreira, trabalhar em uma empresa grande ou em uma pequena?
O presidente da Curriculum.com.br e especialista em recolocação profissional, Marcelo Abrileri, respondeu à pergunta, destacando os pontos positivos de cada situação.
Pequenas x grandes
Em pequenas empresas:
Geralmente, o jovem exerce mais funções, tendo a oportunidade de aprender mais, se tornando um generalista;
Possui um contato mais próximo com diretores da empresa;
Se a empresa crescer, tem a oportunidade de evoluir junto com a empresa e pode, em pouco tempo, ser promovido. Mas vale lembrar que as chances de crescimento são mais limitadas, já que empresas pequenas costumam ter menos cargos e faixas hierárquicas;
Em grandes empresas:
No lugar de exercer várias funções, normalmente, o jovem foca em uma só, se tornando um especialista;
Tem mais benefícios;
Não fica na dependência do crescimento da empresa, pois possui um plano de carreira estruturado, com metas e prazos;
Pode contar com o status de ter feito parte do staff de uma empresa reconhecida no mercado. "Nessa hora, o jovem deve ter em mente quais são seus objetivos e o que pretende na sua carreira profissional. Ambas as experiências são importantes, e é saudável passar, ao longo da carreira, pelas duas circunstâncias descritas", aconselha Abrileri.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)