10 de dez de 2009

Pessoas para trocar uma lâmpada (Descontração)

Lembram daquela velha pergunta: QUANTAS PESSOAS SÃO NECESSÁRIAS PARA TROCAR UMA LÂMPADA?

Vejam as respostas de alguns “grupos sociais”:

Peruas – Duas: uma chama o eletricista e a outra prepara os drinques.

Psicólogos - Apenas um, mas a lâmpada PRECISA QUERER ser trocada.

Loiras – Cinco: uma para segurar a lâmpada e outras quatro para girarem a cadeira.

Bêbados - Uma só pra segurar a lâmpada, enquanto o teto vai rodando.

Ativistas Gays – Nenhuma: A lâmpada não precisa mudar, o que precisa e que seja aceita pela sociedade.

Cantores sertanejos – Duas: uma troca a lâmpada e a outra escreve uma canção sobre os bons tempos da lâmpada antiga…

Machões - Nenhum: Macho não tem medo de escuro.

Patricinhas - Duas: uma pra segurar a Coca Light e outra pra chamar o papai.

Mulher com TPM - Só ela! Porque ninguém, dentro desta casa sabe como trocar uma lâmpada! São um bando de IMPRESTÁVEIS! Eles nem percebem que a lâmpada queimou! Eles podem ficar em casa no escuro por três dias antes de notar que a bosta da lâmpada queimou! E quando eles notarem vão passar mais cinco dias esperando que EU troque a lâmpada porque acham que eu sou a ESCRAVA deles! E quando eles se derem conta de que eu não vou trocar a lâmpada, ainda vão ficar mais dois dias no escuro porque não sabem que as lâmpadas novas ficam dentro da dispensa! E se, por algum milagre, eles encontrarem as lâmpadas novas, vão arrastar a poltrona da sala até o lugar onde está a lâmpada queimada e vão arranhar o piso todo, porque são INCAPAZES de saber onde a escada fica guardada! É inútil esperar que eles troquem a lâmpada, então sou eu mesmo quem vai trocá-la! E como eu sou uma mulher independente, vou lá e troco! INFERNO!!!!


Fonte: Aqui


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)