11 de jun de 2014

Abrir empresa vai ficar mais fácil

A via sacra dos empresários paulistas para abrir ou fechar uma empresa está com os dias contados. A União, por meio da Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE), o governo estadual e a prefeitura de São Paulo se aliaram para integrar seus cadastros e colocar a capital paulista na Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios).

Com a medida, no médio prazo, a ideia é tirar o Brasil da incômoda posição no ranking do Banco Mundial, que lista os países que oferecem melhores condições para a realização de negócios. De acordo com esse ranking, o País está na 123ª posição, num universo de 189 nações.

Em média, o processo de abertura de uma empresa demora 107,5 dias. Com a simplificação e o compartilhamento de um cadastro único, o objetivo é reduzir para cinco dias o trâmite de abertura de um negócio.

[...]

Texto completo: Silvia Pimentel, no Diário do Comércio (09/06/2014)

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Abrir uma empresa e se manter enquadrando nos cenários tributários nacionais é um desafio que sem uma ferramenta de gestão adequada e a assessoria de gente competente é praticamente impossível. Eu tenho ganhado muito tempo para fazer a gestão estratégica e comercial graças ao uso de uma ferramenta muito boa e fácil de usar que é o Open Manager

    ResponderExcluir

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)