22 de jun de 2010

Divulgação: XVII Congresso Brasileiro de Custos

XVII Congresso Brasileiro de Custos
Sustentabilidade: além da mensuração de custos
03 a 05 de novembro de 2010
FACE (Faculdade de Ciências Econômicas) da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais)
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
Classificação Qualis/CAPES: O Congresso Brasileiro de Custos foi classificado como A1 pela área da Administração, Ciências Contábeis e Turismo da CAPES.

Homepage do Congresso: http://cbc.edugraf.ufsc.br/

O Congresso Brasileiro de Custos é o principal evento ligado à área de custos empresariais do Brasil, além disso, é o principal divulgador da produção técnico-científica da especialidade e áreas afins, proporcionando a interação da comunidade acadêmica, pesquisadores, professores e estudantes, com empresários, consultores, contadores, administradores e demais profissionais atuantes na área da Gestão Estratégica de Custos.
O tema central do XVII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS será “sustentabilidade: além da mensuração de custos”. O tema procura discutir o papel da contabilidade gerencial de custos, para o ganho e preservação da sustentabilidade, em que os aspectos ambiente, sociedade e economia são interdependentes e conduzem-nos a uma avaliação mais ampla nos processos de tomada de decisões. Assim, percebe-se a importância das informações contábeis englobando mais do que apenas um desses aspectos, sejam apenas os modelos de custos ambientais ou sociais, além da avaliação de resultados, de maneira isolada, o que implica em uma informação com menor capacidade preditiva e completa, na visão de sustentabilidade.
A informação produzida depende basicamente da capacidade do sistema contábil de identificar e mensurar os eventos, e esta capacidade depende de como a regulação e outras externalidades moldam os eventos e influenciam o desenho do sistema de mensuração das empresas. Uma vez que a regulação gera impacto nos incentivos das empresas pelas restrições impostas e oportunidades criadas pelas restrições da regulação, o disclosure da sustentabilidade inicia-se em um processo interno, em que a contabilidade de custos tem papel importante ao avançar além da mensuração de custos.
A realização do XVII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS tem como principais objetivos:

– Debater a atual situação da gestão dos custos frente a complexidade inerente ao tema sustentabilidade e seus efeitos para o ambiente empresarial.
– Discutir a importância da gestão de custos nas relações interempresariais.
– Intensificar o desenvolvimento na área de gestão de custos no Brasil, enfatizando os aspectos referentes à inovação tecnológica; dessa forma, ampliando o intercâmbio de informações e de idéias entre estudantes, docentes, pesquisadores, profissionais, empresas e instituições.
– Estabelecer uma ligação entre estudos acadêmicos e aplicações em organizações, possibilitando aos participantes conhecer mais profundamente as metodologias de custos utilizadas e, ao mesmo tempo, ter uma amostra do que as universidades estão produzindo na área.
– Demonstrar quais são as dificuldades encontradas para a implantação de uma gestão de custos com enfoque em sustentabilidade.
– Debater os temas relevantes da área, abordando aspectos referentes ao ensino, pesquisa, extensão, exercício profissional e questões institucionais.
– Divulgar a produção técnico-científica da área, contribuindo, assim, para a difusão do avanço técnico e científico da mesma.
– Dar prosseguimento à seqüência de encontros iniciada em 1994, fortalecendo a integração entre empresas e instituições de ensino e de pesquisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)