12 de out de 2010

Sobre celulares


Número de celular “maldito” é suspenso após morte dos três donos

Uma companhia telefônica búlgara tirou o número 0888888888 de circulação depois que seus três donos morreram nos últimos nove anos.


O primeiro proprietário da linha foi Vladimir Grashnov, presidente da companhia Mobitel, ao qual pertencia o número, morreu de câncer, aos 48 anos, em 2001.
Segundo o jornal inglês The Independent, houve um rumor de que o câncer fora causado por envenenamento radioativo por um rival da companhia. No entanto, nenhuma prova concreta foi encontrada. Em seguida, o número passou a um chefe da máfia, Konstantin Dimitrov, que foi assassinado por um atirador na Holanda, em 2003, quando inspecionava seus negócios envolvendo drogas. Dono de um império avaliado em R$ 1 bilhão, Dimitrov morreu aos 31 anos. Suspeita-se que a máfia russa esteja envolvida no assassinato. Por último, o empresário Konstantin Dishliev se tornou dono do número de celular amaldiçoado. Dishliev estava supostamente envolvido em tráfico de cocaína, morto em 2005 na saída de um restaurante na cidade de Sófia, capital da Bulgária. Desde então a linha ficou sem dono. De acordo com o jornal, chefes da Mobitel informaram que decidiram tirar o número permanentemente. Um porta-voz da companhia não quis se pronunciar sobre o assunto.

Feito de cobre, celular pode ser recarregado no bolso


O aparelho, que ainda é conceito, transforma o calor do corpo do usuário em energia para carregar a bateria


Um designer londrino criou um celular que dispensa o uso de carregador. A invenção de Patrick Hyland absorve o calor do corpo do usuário, quando o dispositivo está no bolso, ou o calor de um laptop ou computador próximo por ter cobre na parte traseira - excelente condutor que transformar esse calor em energia elétrica.
O gadget conta com a ajuda de um termogerador integrado para auxiliar na recarga da bateria automaticamente. Hyland escreveu em sua página na internet que carregadores de celulares sem uso representam 51 mil toneladas de lixo. E o Nokia E-Cu - não se sabe se a fabricante finlandesa é parceira de Hyland - poderia ser mais uma arma contra o aquecimento global. O nome, bastante peculiar, significa: E – Environment (meio ambiente) e Cu é o símbolo químico do metal. O Nokia E-Cu é apenas, ainda, um conceito e não tem previsão para ser comercializado. Agora, se chegar a ser lançado no Brasil, o nome terá que ser mudado. Você não acha?

Inglesa quebra recorde de digitação no celular

Melissa Thompson digitou uma frase com 26 palavras em 25,84 segundos no aparelho móvel. O recorde anterior era de um norte-americano que escreveu a mesma sentença e gastou 35,54 segundos


Uma inglesa de 27 anos quebrou, neste domingo, o recorde mundial de digitação de mensagem no celular. Melissa Thompson escreveu uma frase com 26 palavras em 25,84 segundos, superando o recorde anterior, de 35,54 segundos, registrado em março.
A frase digitada por Melissa foi: “the razor-toothed piranhas of the genera Serrasalmus and Pygocentrus are the most ferocious freshwater fish in the world. In reality they seldom attack a human" (Algo como, as piranhas de dentes afiados dos gêneros Serrasalmus e Pygocentrus são os peixes de água doce mais ferozes do mundo. Mas raramente elas atacam seres humanos, em português) A mesma frase escrita por Franklin Page, dos Estados Unidos, que havia batido o recorde anterior. Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, Melissa afirmou que o fato de enviar cerca de 40 a 50 torpedos por dia para o namorado serviu como um treino para digitar as mensagens cada vez mais rápidas. “Mas desde que começamos a morar juntos e conseguir um novo emprego, estas mensagens foram reduzidas e meus dedos não estavam “em forma” para digitar de maneira rápida”. Thompson disse ao jornal britânico que usou um celular Galaxy S, da Samsung, com o software de pré-edição de texto Swype, no qual o usuário arrasta os dedos nas teclas virtuais para digitar textos mais rapidamente. O registro do recorde agora será submetido ao Guinness World Records.

Fonte: Época NEGÓCIOS Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)