17 de fev de 2009

(Falta de) Transparência Brasil

Transparência Brasil: 85 parlamentares mentiram em declarações de bens
RIO - Oitenta e cinco parlamentares mentiram em suas declarações de bens ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com levantamento da ONG Transparência Brasil, eles doaram às suas campanhas mais do que declararam ter. A pesquisa foi baseada na comparação da declaração patrimonial e de doações eleitorais dos 782 parlamentares que foram candidatos nas eleições municipais 2008. Entre os que disseram ter feito doações superiores ao patrimônio declarado, estão quatro deputados federais, oito deputados estaduais e 73 vereadores.
Segundo a Transparência Brasil, 15% (114) doaram a campanhas mais de metade de seu patrimônio declarado. No ranking por estados, o Maranhão aparece na frente. Lá, os parlamentares doaram em média 80,2% de seu patrimônio declarado. Em seguida, aparecem Rondônia (38,6%) e Pernambuco (31,7%).
Em relação aos partidos, os dados mostram que o DEM - partido do deputado Edmar Moreira, que omitiu em sua declaração um castelo avaliado em mais de R$ 20 milhões - tem quatro vereadores de capitais que fizeram doações superiores a sua declarações de bens. O PT tem nove parlamentares nessa situação - sendo um deputado estadual por Pernambuco e oito vereadores de capitais. O PMDB tem seis vereadores de capitais e dois deputados estaduais - um do Ceará e outro do Pará. No PSDB, são dois deputados estaduais (um do Rio e outro no Rio Grande do Sul) e quatro vereadores de capitais.
Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)