9 de jan de 2009

Wall Street sobe à espera de plano hipotecário

Por CHUCK MIKOLAJCZAK - REUTERS

NOVA YORK - A maioria das ações norte-americanas subiu nesta quinta-feira, depois das notícias de que o Citigroup Inc concordou em apoiar a legislação para conter as execuções hipotecárias, ofuscando a previsão de vendas decepcionante do Wal-Mart. O Dow, no entanto, foi pressionado por uma queda de 7,5 por cento nas ações do Wal-Mart, enquanto a desaceleração nas vendas do varejista em dezembro sinalizaram uma outra queda nos gastos de consumidores, reiniciando os temores de uma recessão prolongada. O índice Dow Jones caiu 0,31 por cento, para 8.742 pontos. O S&P 500 teve alta de 0,34 por cento, para 909 pontos. O Nasdaq subiu 1,12 por cento, para 1.617 pontos. O apoio do Citigroup à legislação que traria um alívio a devedores trouxe o apoio de uma das maiores instituições financeiras dos Estados Unidos -- o que é visto como uma medida importante para ganhar o apoio para o projeto de lei. O plano de execução hipotecária "tem um efeito positivo de longo prazo na economia. O mercado acionário olha seis meses à frente e alguma coisa nessa linha ajudará o mercado", disse Tim Smalls, diretor de investimentos na Execution LLC em Greenwich, Connecticut. Os investidores também colocaram para cima algumas das ações que mais perderam na quarta-feira, incluindo Microsoft e Apple, que levaram o Nasdaq a subir mais de 1 por cento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)