25 de jan de 2011

O Contador na mídia

O texto abaixo é um exemplo de que na maioria das vezes em que o contador aparece na mídia é para falar de declaração de Imposto de Renda ou para justificar ou tentar amenizar irregularidades cometidas por ele mesmo ou por terceiros!

Contador de Berlusconi tenta contestar as acusações sobre o primeiro-ministro

Fonte: Oreporter

Silvio Berlusconi, primeiro-ministro italiano e presidente do Milan, está em meio duma situação bem delicada. Na segunda-feira passada [17/01/2011], a promotoria de Milão apresentou ao Parlamento supostas provas de que Berlusconi pagou e teve relações sexuais com um "número significativo" de prostitutas, incluindo uma menor de idade marroquina chamada Karim el Mahroug. Os promotores, ainda, querem estudar documentos e arquivos em poder do contador pessoal de Berlusiconi, Giussepe Spinielli que tenham a ver com esses pagamentos.
Sobre a jovem marroquina que era chamada de Ruby Rubacouri, Ruby "rouba corações", e que frequentou a casa de Berlusconi quando só tinha 17 anos, gerando as acusaçoes de prostituição de menores de idade, Spinelli disse que a mulher era muito insistente. Berlusconi e a joven negam ter feito sexo, mas a Justiça diz que existem provas que certificam que a jovem passou a noite na residência do político em várias ocasiões.
Justamente Spinelli, em reportagem ao jornal italiano “Corriere della Sera” tentou desligar o primeiro-ministro das acusações dizendo que esses pagamentos a mulheres jovens que supostamente participavam de festas sexuais na residência de Berlusconi eram “atos de caridade”. “Um dia ajudáfamos a uma organização de crianças com leucemia, outro dia a uma estudante que precisava pagar aluguel”, declarou Spinelli.
Segundo o contador, o dinheiro dado era para mulheres de poucos recursos ou "madres solteras" e fazia parte de vários gastos de caridade aprovados pelo magnate mediático italiano.
Spinelli, gestor do holding Fininvest do primeiro-ministro, também disse que o número de mulheres que receberam as “ajudas” estão exagerados.

Um comentário:

  1. Cláudia, não sei se consegui responder seu email do comentário, mas desde já está autorizada a publicar o meu post e gostei do seu blog, estarei te seguindo.

    ResponderExcluir

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)