15 de jan de 2011

Queime seu navio!

Quando Hernando Cortez há mais de 4 séculos aportou no país dos astecas, disse aos seus soldados: "Todo homem medroso volte embarcado para Cuba" Este era o país de onde tinham vindo nessa expedição. Após o brado do chefe Cortez, houve um profundo silêncio!

Sabem o que fez Cortez para impedir que seus soldados voltassem acovardados? Depois de ordenar que todo medroso voltasse, e ninguém respondeu, ele ateou fogo aos navios. Não havia modo de voltar atrás.Os navios foram reduzidos à cinza.

E aqueles poucos soldados empreenderam a conquista do México.

Conheci esta história acima a 8 ou 10 atrás e nunca mais ela saiu da minha cabeça, pois este é um exemplo claro de determinação, chega até ser um pacto com a decisão tomada.

Acredito que assim também deve ser conosco em nossas decisões, pois quanto maiores elas forem, maiores serão os desafios e a vontade de desistir e voltar para a zona de conforto é igualmente proporcional. Porém se "queimarmos os navios", ou seja, se de alguma forma cortarmos o vínculo com o passado e focarmos apenas no presente, só existirão duas alternativas: Perder tudo... ou vencer.

"Perder tudo" assusta muita gente e as deixam paralizadas, porém não podemos esquecer que esta é apenas uma das possibilidades, a qual através de um bom planejamento pode ser reduzida de forma significativa, por outro lado, a outra é VENCER.

Se planejamos algo, chegamos na conclusão de que esta é a melhor decisão e "queimamos os navios", não temos porque temer, pois aos fazermos isto, já percorremos mais da metade do caminho.

Isto se aplica em qualquer decisão importante da nossa vida. Muitas vezes o que atrapalha é ficarmos olhando para trás e pensando que seria mais cômodo se estivessemos naquela situação do passado, desta forma dividimos a nossa energia e foco.

Porém para aqueles que tem coragem de enfrentar o desconhecido e ultrapassar todos os desafios durante o percurso escolhido, estes sim terão direito a recompensa. A vitória!

Você já encontrou um amigo da adolescência que continua praticamente da mesma forma de quando vocês se viam com frequência? Pois é, pode ser que ele teve uma vida mais "tranquila"que a sua, porém hoje você tem muito mais experiência para contar para os seus filhos.

Em minha opinião arriscar é viver...este é meu lema.

Queimem seus navios e tenham um ótimo final de semana!

Alexandre Silva
Fonte: Portal Administradores.com

Um comentário:

  1. Claudinha, menina! Só vc mesmo, pra me acordar e lembrar que nossa zona de conforto pode, por vezes, trazer certo desconforto. Bjs e bom fim de semana!

    ResponderExcluir

Sua participação é muito importante para as discussões de ideias contábeis e outras mais. Obrigada!

“... nunca [...] plenamente maduro, nem nas idéias nem no estilo, mas sempre verde, incompleto, experimental.” (Gilberto Freire)